fbpx
birth control for men

Mudança de responsabilidades: controlo de natalidade para homens

Se fizeres uma pesquisa no Google sobre ‘controlo de natalidade’, os tipos de artigos e recursos que vais encontrar serão quase exclusivamente voltados para mulheres ou pessoas com vaginas.

Por exemplo, na minha pesquisa no Google (estou sediada no Reino Unido), o site da National Health Service vai informar-me sobre algumas das opções: a pílula combinada, o diafragma, o DIU ou a injeção anticoncepcional. Outros artigos começam a afirmar que o controlo da natalidade é “prevenir a gravidez”. 

Isto pode não parecer tendencioso à primeira vista, mas as opções que o NHS compartilhou comigo são voltadas para mulheres ou pessoas com vaginas, e ao afirmar ‘prevenir a gravidez’ insinua que isso ajuda a impedir que uma mulher engravide – isto apresenta uma realidade onde os homens não precisaram ser colocados numa posição que altere a vida e o corpo através do sexo desprotegido. Pessoas com pénis podem optar por sair a qualquer momento, mas para pessoas com vagina é uma história totalmente diferente – podemos optar por ter um bebé se engravidarmos, ou tomamos a difícil decisão de fazer um aborto e provavelmente teremos que lidar com a experiência desconfortável e emocionalmente desgastante de fazê-lo. Então, nós, como mulheres ou pessoas com vaginas, continuaremos a tomar pílulas que alteram o nosso equilíbrio hormonal, injetando-nos com ainda mais hormonas, enfiando uma aparelho de cobre dentro do nosso útero, tudo para ter certeza de que, se não quisermos ficar grávidas, não vamos ficar.

Mas e os homens, ou pessoas com pénis, o que eles fazem?! O método contraceptivo masculino mais conhecido é o preservativo, mas a pesquisa mostrou algumas estatísticas bastante chocantes sobre o quanto realmente usamos esse método de contracepção…

condoms

60% dos entrevistados (homens e mulheres) para um estudo conduzido por uma organização sem fins lucrativos, dizem que raramente, ou nunca, usam preservativo. Outros 50% disseram que nunca usaram um! Algumas das razões para não usarem preservativos incluem: ‘o meu parceiro não insistiu que usássemos um’ ou ‘odeio deitá-los fora’, e 16% dos entrevistados disseram que usariam um se ‘não estragasse o momento ‘!

Tanto homens como mulheres são culpados por não tornar esta uma prática padrão do preservativo no quarto, quando na verdade o benefício é dobrado – é 98% eficaz para proteger da gravidez mas também protege contra as DSTs.

Então, há um elefante na sala, e é: existe uma outra opção? Que outros métodos contraceptivos homens e pessoas com pé​nis podem usar?

Um estudo recente descobriu que 1 em cada 3 homens gostaria de usar uma pílula anticoncepcional masculina, e esse número certamente aumentará com mais pesquisas e mais opções para os homens assumirem o controlo e se protegerem a si mesmos e às​ ​suas parceiras sexuais de uma gravidez indesejada.

Ainda esta semana, foi confirmado que testes com ratos da “pílula masculina” foram 99% eficazes e podem estar disponíveis para o público em geral muito em breve. É claro que existem riscos em tomar uma pílula hormonal – semelhante às pílulas anticoncepcionais que as mulheres ou pessoas com vaginas tomam – incluindo o ganho de peso e depressão. Mas esses efeitos estão a ser trabalhados enquanto falamos e talvez isso possa ser uma opção num futuro próximo!

contraceptive pill

Aqui estão algumas opções alternativas para homens ou pessoas com pénis:

 

Retirada: Também conhecido como o glamouroso “método de retirada”, e significa essencialmente remover o pénis de dentro da vagina antes da ejaculação masculina.

Vasectomia Masculina: Esta é uma opção definitiva para alguns homens, no entanto, o procedimento pode ser irreversível, então, como você pode imaginar, muitos homens sexualmente ativos não vão selecionar​ este método, a menos que tenham 100% de certeza de que nunca vão querer ter filhos.

Numa nota final, gostaria de expressar a importância de falar com qualquer parceiro sexual sobre qual é o método preferido deles, para que possam encontrar algo que funcione melhor para ambos. NÃO tenhas medo de ‘arruinar o momento’ – devemos normalizar essas discussões para proteger o nosso bem-estar mental, físico e sexual. 

Diz aos seus amigos e familiares do sexo masculino que existem opções, e precisamos encorajar a nós mesmos e aos outros a conhecê-las, usá-las ou praticá-las e partilhar essa informação com outros​. 

 Escrito por Sophie Simmonds

Sophie Simmonds é a líder de envolvimento do cliente na Matchable Volunteering que apoia organizações de impacto e organizações sem fins lucrativos para encontrar voluntários qualificados onde eles são mais precisos. Atualmente, Sophie é voluntária na omgyno para apoiar na criação de conteúdo.

Fontes:

  • https://www.nbcnews.com/health/health-news/third-u-s-men-use-condoms-not-every-time-n791426
  • https://www.cosmopolitan.com/sex-love/a25922204/cosmopolitan-condom-power-to-decide-survey/
  • https://www.nhs.uk/conditions/contraception/male-condoms/#:~:text=When%20used%20correctly%20every%20time,clinics%20and%20some%20GP%20surgeries.
  • https://yougov.co.uk/topics/health/articles-reports/2019/01/08/third-men-would-take-male-pill
  • https://news.sky.com/story/contraceptive-pill-for-males-is-99-effective-in-preventing-pregnancy-12573228

Share

Leave a Comment

Sign up for our newsletter

  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.